♪♫ FMF 2011 :: Grupos nacionais selecionados


De 7 de fevereiro a 25 de março deste ano, a X Feira da Música de Fortaleza abriu seu tradicional processo de inscrições para os grupos e artistas solo interessados em participar da programação dos palcos da Mostra de Música Independente do evento. A relação dos escolhidos através desta seleção sai agora, com 21 nomes contemplados, de 14 estados das cinco regiões do País (BA, CE, DF, MG, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RS, SE, SP).

A seletiva não inclui os músicos de Fortaleza – que passaram por outro processo de seleção, inserido na programação da IV Mostra Petrúcio Maia (ler mais detalhes abaixo, em “Sobre a Feira 2011”). A curadoria responsável pela escolha dos 21 nomes em 2011 foi formada por Carlos Eduardo Miranda (produtor musical/SP), Felipe Gurgel (jornalista e músico/CE), Ivan Ferraro (produtor cultural/CE) e José Flávio Jr. (crítico musical/SP).

A cada edição, a formação da curadoria da Feira varia e a escolha dos grupos é feita através da audição do material inscrito, reunindo todos os curadores durante quatro dias. Com avaliações sobre a qualidade técnica, artística e gerencial dos trabalhos, além de discussões sobre a composição mais adequada da programação em sintonia com o formato do evento, o artista é selecionado considerando que a Feira é um espaço não apenas de exibição, mas de promoção e autogestão de carreiras do universo da música independente. Confira a relação (em ordem alfabética):

Aeromoças e Tenistas Russas (SP)
A Banda de Joseph Tourton (PE)
Banda de Música Padre Pio (CE)
Chimpanzé Club Trio (SP)
Ellen Oléria (DF)
Elvis Boamorte e os Boa Vida (SE)
Felipe Cordeiro (PA)
Gauche (PB)
Huey (SP)
Itiberê Zwarg e Grupo (RJ)
Julião Boêmio e Regional Malária (PR)
Kiko Klaus (MG)
Lia Sophia (PA)
Maglore (BA)
Mama Gumbo (SP)
Pastel de Miolos (BA)
Samba de Coco Raízes de Arcoverde (PE)
Talma & Gadelha (RN)
The Baggios (SE)
Tópaz (RS)
Validuaté (PI)

Sobre a Feira 2011 – Realizada pela primeira vez em 2002, a Feira da Música de Fortaleza acompanhou uma década intensa, de rápidas transformações na lógica do mercado musical. Sediou discussões que puseram em questão essa “lógica” e testemunhou o surgimento de outras maneiras de se encarar a música como negócio – sobretudo pela força da cultura digital. A 10ª edição da Feira será realizada de 17 a 20 de Agosto de 2011, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura e seu entorno, em Fortaleza (CE).

Este ano, a Feira mantém o compromisso de levantar as principais discussões sobre esta cadeia produtiva da música, com conceito focado no homem como agente criador. Nas relações humanas que a música estabelece e nas realizações que propicia. Por outro lado, mantém seu potencial mercadológico – com a realização de mais uma feira de negócios, e promove shows com nomes emergentes e consolidados do circuito independente.

No último mês de maio, a Feira realizou sua seletiva para as bandas de Fortaleza durante a programação da IV Mostra Petrúcio Maia. Este processo teve seu resultado divulgado no último dia 13 de junho, com uma relação de 12 grupos locais escolhidos para a programação dos palcos da 10ª edição.

Pioneira no formato pelo País, a Feira da Música de Fortaleza celebra 10 anos em 2011 e assume renovações na maneira de realizar o evento. Desde 2009, quando da criação da Rede Ceará de Música (RedeCem) – coletivo cearense integrado ao Circuito Fora do Eixo, a Feira reforça os laços com a rede nacional baseada na compreensão de um mercado cultural orientado pelos princípios da economia solidária. 

Nesse passo, através do programa Intercâmbio de Saberes, voltado aos coletivos do Circuito, e do Laboratório Entrepontos, em parceria com a RedeCem, a Feira da Música procura estimular a formação de novos ambientes de trabalho, com profissionais e jovens em processo de formação cultural livre. Combinando eficiência, criatividade e trocas afetivas fundadas no esforço coletivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário