♪♫ SBPC: Mosaico Cultural

Lia de Itamaracá

Vestida de versos Azul-Iemanjá, Lia de Itamaracá canta às águas salgadas, cirandas como a do Mestre Baracho: “Eu estava na beira da praia/ Ouvindo as pancadas das ondas do mar”. A artista pernambucana foi convidada para saldar os participantes da 62ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que este ano tem como tema “Ciências do Mar: herança para o futuro”. Sua voz será ouvida no anfiteatro da Praça Cívica do Campus da UFRN, durante a abertura do evento, que acontece no próximo dia 25, às 21h30.

Outro canto de Lia, aquele escrito por Capiba, que diz: “Pra se dançar ciranda/Juntamos mão com mão”, traduz a preocupação do evento. Para formatar a programação cultural da SBPC foi formada uma comissão, que atuou em diversas frentes. A grande preocupação desta comissão foi a inserção da programação, num contexto de diálogo da ciência com a produção cultural.

Com essa perspectiva, todas as ações integrantes da SBPC Cultural foram concebidas em bases sustentáveis, criativas e impulsionadoras da percepção crítica e reflexiva sobre a realidade cultural local e nacional, criando assim interfaces com as novas diretrizes presentes nos grandes debates sobre cultura no Brasil. A programação cultural desta edição contemplará as principais expressões artísticas da cidade, através de projetos de alta relevância para a cultura do estado, fortalecidos pela sua proposta e incentivo, oportunizando através de suas ações um intercâmbio com outras culturas, aproximando diálogos, facilitando o acesso e a visibilidade de todo o conjunto.

Para compor este cenário da cultura Potiguar, estarão de mãos dadas o Projeto Circo da luz, Poticanto, Retrovisor, Festival Dosol, Rock Potiguar, MPBeco, Conexão Felipe Camarão, A Casa do Cordel, Rede Potiguar de Música, Música Potiguar Brasileira da 88,9., Festival Universitário da Canção-SAE, Prêmio Hangar, Prêmio Nubya Lafayette, Projeto Picadeiro, Show das Comunidades, Por do Sol, Projeto Encanto da Vila e o Projeto Buraco da Catita.

A Editora da UFRN estará na roda com o lançamento de livros em um espaço literário com a presença de diversos autores potiguares e a realização de palestras. A Associação da Feira de Sebo também será destaque na programação cultural, que representa os mais antigos sebistas do centro da cidade, expondo obras raras da literatura potiguar entre outros projetos de repercussão no cenário local e nacional.

“Minha ciranda não é minha só/ Ela é de todos nós”

A ciranda vai ser grande. Praticamente todos os pontos da UFRN serão tomados por eventos culturais. Eles estarão distribuídos em nove pólos: Mosaico Cultural (Anfiteatro da Praça Cívica da UFRN); Cenários Culturais (Estacionamento da Reitoria); Labirinto Cultural (Estacionamento da Reitoria); Prosa Poética (Estacionamento da Comunica e Centro de Convivência); Cientec Cultural (Praça Cívica da UFRN, Capela e EMUFRN); Praça Do Choro (Expot&c); Vitrine Cultural (Reitoria); Expot&C Cultural (Estacionamento do Ginásio da UFRN); e DEART (Departamento de Artes).

Cada um destes pólos terá objetivos específicos. O Mosaico Cultural, por exemplo, receberá apresentações artísticas representativas de Natal, assim como de algumas cidades do Nordeste e de outras regiões do Brasil. É neste espaço que nomes como os de Lia de Itamaracá, Zeca Baleiro, Tom Zé, Pedro Mendes, Sueldo Soaress, Isaque Galvão e Rosa de Pedra terão voz e vez.

Já o pólo Cenários Culturais abrigará exposições alusivas a Natal, focando seu passado, presente e ainda uma visão futurista da cidade, a exemplo da exposição “Natal cidade memória” e a exposição “Natal de agora a 50 anos”, baseada na conferência “Natal daqui a 50 anos” realizada em 21 de março de 1909, no Palácio do Governo. Nesse ambiente, haverá espaço para lançamentos de livros, diálogos com autores da UFRN e da cidade.

O Labirinto Cultural segue a sugestão do nome e é constituído em forma de labirinto. Nele os visitantes conhecerão um pouco da cultura potiguar. Constituído por um conjunto de percursos intrincados, o trajeto vai orientar os participantes a conhecer um pouco da cultura local, sua diversidade, sua tradição e contemporaneidade. O espaço contará com uma mostra diária de vídeos produzidos no Rio Grande do Norte e com um palco onde ocorrerão apresentações culturais das mais variadas linguagens artísticas. Música, dança, teatro, circo, poesia, folclore, cinema, artes visuais, literatura, patrimônio material e imaterial. Tudo em um só lugar.

O pólo Prosa Poética será um espaço propício ao diálogo entre saberes da tradição e saberes acadêmicos. Nela estarão mestres da cultura popular, como Mestre Severino, docentes da UFRN e da rede básica de ensino, bem como outros convidados que, de modo individual e ao mesmo tempo coletivo, ajudarão a compor um diálogo entre esses saberes e realizarão apresentações de seus grupos.

O Pólo Cientec Cultural é constituído de diversos espaços onde serão realizadas as Mostras de Dança e Corais, envolvendo a Capela, Escola da Música, Circo da Luz e corredores culturais da Cientec. Integra esse espaço a Casa do Cordel, Ações Sociais com a participação de ONGs, que receberão doações do público em geral, oficinas diversas e exposições. Ainda no Pólo Cientec Cultural haverá um Simpósio Sobre a Economia da Cultura.

A Praça do Choro Será palco de um dos principais projetos culturais de Natal, o “Buraco da Catita”, que surgiu de uma reunião de amigos aficionados por samba e chorinho e hoje é um dos programas alternativos mais visados da cidade. Nele estarão o “Choro da Lua”, “Catita Choro e Gafieira” e “Roda de Samba”.

No pólo Vitrine Cultural acontecerá intervenção artística, que integra cultura e moda. Já na Expot&c Cultural está prevista a inserção de apresentações culturais com artistas, músicos, grupos e stand da Associação da Feira de Sebo do Beco da Lama dirigida a expositores e autoridades do país.

O DEART receberá Encenações teatrais e oficinas de dança, que comporão mais um dos espaços de apreciação, vivência e reflexão das Artes Cênicas na SBPC cultural.

Repórter: Maria Betânia Monteiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário